Segundo Livro das Crônicas (2Cr) - Capítulo 5

1Quando todos os trabalhos que Salomão mandara fazer para a Casa do Senhor estavam terminados, Salomão levou para dentro as ofertas votivas de seu pai Davi e depositou a prata, o ouro e todos os objetos no tesouro da casa de Deus.
2TRASLADO DA ARCA PARA O TEMPLO ACABADO
Então Salomão convocou para Jerusalém os anciãos de Israel, todos os chefes das tribos,os chefes dos clãs de Israel, para o ato de traslado da arca da aliança do Senhor, que estava na Cidade de Davi, chamada Sião.
3Todos os homens de Israel reuniram-se junto ao rei para a festa, que ia ser celebrada no sétimo mês.
4Quando todos os anciãos de Israel haviam chegado, os levitas carregaram a arca
5e a levaram para cima. Também a Tenda do Encontro com os objetos sagrados que nela se encontravam foi levada para cima pelos sacerdotes levíticos.
6O rei Salomão com toda a assembléia de Israel que lá se tinha reunido estava diante da arca, oferecendo holocaustos de ovelhas e bois em número incontável e quantidade incalculável.
7Os sacerdotes levaram a arca da aliança do Senhor para o lugar destinado, o sacrário do templo, o Santo dos Santos, debaixo das asas dos querubins.
8Os querubins estendiam as asas sobre o lugar onde estava a arca e do alto cobriam a arca e os varais.
9O comprimento dos varais permitia que as pontas pudessem ser vistas desde o santuário à frente do sacrário, mas não podiam ser vistas de fora. Lá estão até hoje.
10Dentro da arca nada havia senão as duas tábuas que Moisés, no Horeb, nela depositara, quando o Senhor concluíra aliança com os israelitas, no êxodo do Egito.
11DEUS SE MANIFESTA NO TEMPLO
Os sacerdotes saíram do santuário. Todos os sacerdotes presentes, sem distinção, haviam- se purificado,
12e todos os cantores levíticos, Asaf, Hemã, Jedutun, com os filhos e irmãos, lá estavam, vestidos de linho, levando címbalos, harpas e cítaras, do lado oriental do altar, junto com cento e vinte sacerdotes que tocavam trombetas.
13Quando todos unidos se puseram a tocar as trombetas e a cantar, ouvia-se como um único som, louvando e dando graças ao Senhor. Ao som das trombetas, dos címbalos e dos instrumentos musicais cantou-se em honra do Senhor: ?Sim, ele é bom, eterno é seu amor?. Nesse momento o templo se encheu com a nuvem da glória do Senhor,

Capítulos